Busca

Sonho com Leitura

Tag

textos

A esquecida literatura nacional

Imagem: Banco de Imagens
Imagem: Banco de Imagens

Os grupos do Facebook são complicados. Ao mesmo tempo em que tem conteúdos interessantes, tem discussões hipócritas sobre coisas imbecis. Eu participo de um grupo sobre leitura chamado “Eu amo ler”, e alguns posts me levaram a refletir sobre um assunto em particular: como os autores brasileiros sofrem com o preconceito.

Em muitos posts, as pessoas dizem que estão escrevendo um livro e pedem ajuda para decidir o nome dos personagens, nome do livro ou qual capa é melhor. Não vou entrar a fundo nesse tema, mas se você quer ser um escritor você precisa de criatividade e autoconfiança, o livro é seu, quem escolhe o que fica melhor nele é você! Depois esse negócio da capa. A galera quer fazer uma capa antes mesmo do livro estar escrito… Enfim, o problema é que nessa de opiniões sempre sai “cachorrada”. Muitos criticam nomes americanizados ou histórias que se passam em outros países que não o Brasil. Porém, o comentário que me chamou mais atenção hoje foi de uma pessoa falando que não adianta toda essa discussão porque ninguém quer ler livros nacionais, que quando pedem indicações ainda ressaltam “menos livros nacionais”.

Eu parei para pensar que realmente leio mais livros estrangeiros e quis entender o porquê. Cheguei à conclusão que o tipo de literatura que mais gosto é a literatura fantástica, com dragões, magos, vampiros e elfos, e que não é um tipo muito comum entre os autores brasileiros.

Inconformada com isso, já que estou escrevendo um livro do gênero, fui pesquisar mais sobre o assunto e me surpreendi com o que descobri. A literatura fantástica está em ascensão no Brasil e existem sim, autores dedicados a ela. O que falta é maior divulgação, destaque nas livrarias e aceitação dos críticos literários brasileiros que ainda estão engessados e costumam considerar como “boa literatura” livros escritos por professores universitários ou médicos.

Em minha pesquisa acabei descobrindo alguns autores brasileiros do gênero que já entraram para minha listinha de próximos a serem lidos: André Vianco, Raphael Draccon e Eduardo Spohr. Esses são só alguns, existem mais! Tem até uma menina de apenas 14 anos, Ana Beatriz Azevedo Brandão, que já escreveu 13 livros e acabou de publicar o primeiro, “Sombra de um Anjo”, que parece ter uma história bem legal.

Enfim, vamos valorizar mais a literatura nacional!

Anúncios

Faça planos

Imagem: Banco de imagens
Imagem: Banco de imagens

Já percebeu que sem motivação vida não vai pra frente? Isso porque você precisa de algo para fazer você se movimentar porque se não tiver mais nenhum objetivo, qual o sentido da vida?

Conhece sinônimos para motivar? Te dou alguns: aguçar, animar, impulsionar, incentivar, instigar. A gente precisa disso todos os dias, nem que seja um motivo pequenininho como “vou comprar um sorvete no fim do dia”. Mas também temos que ter objetivos grandes, sonhar alto, se arriscar como: “vou ter minha própria empresa” ou um carro ou uma casa ou “vou fazer aquela viagem dos meus sonhos”.

Motivação anda de mãos dadas com o pensamento positivo.  Sem ele você também não vai a lugar algum! Tem que acreditar, se arriscar! Só assim é possível conquistar as coisas que você almeja e tanto planeja.

Você com certeza já deve ter escutado alguém dizer “estou sem motivação no meu trabalho” e quer saber a verdade por trás dessa frase? É porque já deu o que tinha que dar, está na hora de mudar. Se arriscar e achar algo que te de prazer novamente.

Arrisque-se, movimente-se e acima de tudo nunca deixe de fazer planos!

Verão que aquece a alma

Imagem: Banco de Imagens
Imagem: Banco de Imagens

Ah o verão… Eu amo o verão! Apesar de ele ainda não ter chegado oficialmente o calor já está no ar, então o sentimento já aquece meu coração.

Não sei se é só comigo, mas o verão traz a tona pequenos prazeres da vida. Sentar em uma rede ao fim de tarde e ler um livro, tomar um sorvete de madrugada, sentar na varanda para bater um papo, passear na orla da praia à noite sentindo a brisa do mar… São tantos, que é até difícil escolher alguns para citar.

Outra coisa maravilhosa são os sons do verão. O silêncio quando você deita para tomar um banho de sol em casa, ou o barulho da praia, vários vendedores com coisas deliciosas (empadinha, picolé, água de coco), o barulho das ondas.

Como boa mineira eu amo uma praia! Uma tia minha costuma dizer que na praia somos como rainhas, você se senta na sombra, com água fresca e os “súditos” trazem o que você quiser. É realmente divino!

No calor eu me sinto mais livre, leve e solta, com mais vontade de viver. E é justamente nesse período que ocorrem eventos que eu amo: meu aniversário e as festas de fim de ano.

Como é bom também se sentar a frente do mar e esvaziar a cabeça, deixando os pensamentos fluírem. Sentir o atrito da areia com seus pés. Tomar aquele banho de mar para lavar a alma…

Aproveite o verão, o calor!

Seja bem-vindo

Eu sempre vivi no mundo da lua, tenho a imaginação muito fértil. Era eu quem inventava os teatrinhos na escola, as brincadeiras malucas e as coreografias de nossas apresentações.

Sou jornalista, apaixonada por livros, filmes e séries. Amo escrever, acredito que desde que aprendi a fazê-lo. Sou tímida e de poucas palavras (orais pelo menos), e por esse motivo muitos me perguntam por que escolhi essa profissão. A resposta é simples: eu amo escrever.

Tenho a cabeça fervilhando de ideias e decidi criar o blog para colocar para fora um pouco dessas tantas. Pretendo aqui compartilhar minhas estórias e dar algumas dicas das coisas que gosto e acho interessantes.

Em relação ao nome do blog, é o seguinte: eu sonho muito (dormindo mesmo) e acho que leio tanto que sonhei que estava lendo. Como boa “mulherzinha” que sou acordei e fui procurar o significado, então veio daí – Sonho com leitura.

Espero que gostem.

Henelise Motta

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Lulu no País das Maravilhas

Luana Sarantopoulos

Blog da Fêre

Fui comprar fluoxetina, não tinha. Comprei música, confete e serpentina.

Viagem: Na Ponta do Lápis

Blog de viagens com dicas de alimentação, hospedagem e roteiro

aventure-se.com

faz as malas! fugimos hoje...

Suprimatec

Somos movidos por informações que agregam valor ao seu aprendizado. A evolução só acontece quando lemos aquilo que realmente importa. Suprimatec Magazine

A Quimera

Artes e Curiosidades

Versoparalelo

Livros, filmes e sonhos.

Cosmopolitan Girl

Só mais um site WordPress.com!

universozark

Brutalidade do mundo pop

Folhas de Papel

O ler faz um homem completo, o conferir destro, o escrever exacto.

Catarina

voltou a escrever

PHANTASTICUS

Phantasticus – Fantástico em latim. Gênero literário que congrega três subgêneros: Fantasia, ficção científica e terror. Agora, um lugar para os leitores e escritores que são apaixonados por leitura e escrita, sobre estes mundos imaginários. Que tal sentir pelo virar das páginas o calafrio e o medo provocados pelo terror de algumas linhas. Deixar que o cavaleiro ou a guerreira que existem dentro de nós venha a aflorar. Dos tempos da espada e da feitiçaria. Das religiões antigas aos seres imaginários (ou inimaginários). Um lugar para compartilhar opiniões.