Imagem: Reprodução web
Imagem: Reprodução web

Desde que comecei a morar em prédio tenho problemas com vizinhos, não dou sorte mesmo. No meu antigo prédio, meu vizinho do andar debaixo tinha uma banda e tocava a hora que dava vontade em um apartamento sem qualquer isolamento acústico. Resultado? Minha casa tremia inteira e ninguém conseguia nem escutar os próprios pensamentos. E só um detalhe, estava em ano de vestibular!

Entenda, esse prédio era bem ruinzinho… O vizinho do lado fumava, e todo o agradável cheiro de cigarro empesteava toda minha casa. Quando ele se mudou dei Glória e até fui dar as boas vindas a minha nova vizinha. Passado alguns dias, ela se revelou! Escutava Sandy e Junior todos os dias, na maior altura, por horas seguidas.

Em 2013 eu me mudei, pensando que estaria liberta em um prédio mais civilizado. #sqn. Tem uma demônia que mora no apartamento em cima do meu. Nesse momento, às 23:48 de uma quinta-feira fria resolvi escrever este texto porque depois de muito adiar, escrevi uma carta a minha síndica solicitando clemência. Minha bela vizinha batucava freneticamente há um bom tempo e quando o ódio me subiu a cabeça, peguei a vassoura e dei uma de Mr. Heckles (Friends)!! E cara, confesso, quando eu pego a vassoura eu surto… O treco tem um poder… Qualquer dia morro igual ele com a vassoura na mão!!

Minha vizinha é bela, um anjo, adora a Laura Pausini, escuta a mesma música centenas de vezes seguidas por horas a fio… Agora ela também curte pular corda! Sim, em cima da minha cabeça!

Quando me mudei achava que um marceneiro morava ali. O barulho de martelo e pregos caindo no chão é diário… É tanto barulho que alguns nem consigo decifrar o que são.

Mas devo agradecê-la porque por ela aprendi a dormir com tampão no ouvido, o que me fez ter noites melhores.

Meu apelo aos vizinhos, os meus e os seus é: seja civilizado! Não atormente a paz alheia. Você, infelizmente, não mora em uma mansão a prova de som ou no meio de uma floresta (como eu queria).

Você não precisa andar com um tamanquinho com frufru cor-de-rosa em casa. Se quer estourar seus tímpanos, estoure só os seus, não os meus. Já inventaram um negócio divo, chama-se fone de ouvido.

Se você quer debater com sua amiga (ahinn amigaaa) se você dá ou não pra aquele cara (sim, eu ouvi isso), o faça dentro de casa em voz contida (porque eu, nem ninguém, quer saber isso) e não na janela ou na sacada.

Ninguém precisa ser amigo do vizinho, amá-lo e trocar tortas com eles. Mas lembre-se que acima ou abaixo de você a um ser humano com ouvidos.

Espero que isso me ajude com a minha vizinha e possa ajudar outros também. Acho que vou fazer cópias e sugerir que a síndica entregue. O que acham?!

Anúncios