Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Baseado no romance de Gayle Forman, Se eu ficar conta a história de Mia Hall (Chlöe Grace Moretz), uma jovem musicista dividida entre o amor de sua vida, Adam (Jamie Blackley) e a carreira em uma famosa escola. Tudo fica ainda mais complicado quando Mia e sua família sofrem um acidente, e a garota fica entre a vida e a morte. Em coma, ela reflete sobre seu passado e o futuro que pode ter, caso decida ficar.

O pensamento recorrente durante todo o filme foi: “Mas gente… Que filme triste”! E com isso não quero dizer que seja ruim, é só que poucos têm a capacidade de mexer comigo como Se eu ficar fez.

É uma narrativa muito realista, a escolha entre a vida e a morte, o que é mais fácil ou o que é melhor. Como a vida pode simplesmente acabar de repente! As comparações com A Culpa é das Estrelas são inevitáveis.

O filme é narrado pela personagem principal, que na maior parte do tempo está em coma, vivenciando uma “experiência de quase morte”, tentando decidir se vale ou não a pena ficar.

Anúncios